Monthly Archives: julho 2015

Chamada de “garota de programa”, garçonete deverá ser indenizada

O Restaurante Trieste do bairro de Santa Felicidade, em Curitiba, deverá indenizar uma funcionária em R$ 5.000,00 pela conduta da gerente do estabelecimento, que a chamava de "garota de programa" perante os demais colegas e até na frente dos clientes. O reconhecimento do direito à reparação financeira pelas injúrias sofridas é da 7º Turma de…
leia na íntegra

Estabilidade da gestante é garantida para trabalhadora que perdeu bebê

Uma trabalhadora de Curitiba teve reconhecido o direito à estabilidade no emprego para gestante, mesmo tendo perdido o bebê no oitavo mês de gravidez. A decisão é da 7ª Turma do Tribunal do Trabalho do Paraná, que entendeu que a estabilidade, prevista na Constituição, visa também assegurar a recuperação física e mental da mãe após…
leia na íntegra

Concursos públicos têm recorde de vagas

Pelo menos três concursos federais com boa oferta de vagas devem ter editais publicados até o fim do ano. Um deles, do Instituto Nacional da Seguridade Social (INSS), foi autorizado pelo Ministério do Planejamento na semana passada. A seleção é voltada a preencher 800 vagas de técnico do seguro social e150 postos de analista do seguro…
leia na íntegra

Empresa é condenada por admitir e dispensar empregado no mesmo dia

A Primeira Turma do Tribunal Superior do Trabalho manteve o valor da indenização a ser paga pela RH Center Trabalho Temporário a um auxiliar de enfermagem que foi dispensado no primeiro dia de emprego. Ele pediu aumento do valor fixado alegando que foi vítima de discriminação racial, mas para o relator do recurso, ministro Walmir…
leia na íntegra

Vendedora de financiamento de veículos é reconhecida como bancária do Itaú

Uma vendedora de financiamento para veículos da Fináustria Assessoria Administração Serviços de Crédito e Participações S/A conseguiu o reconhecimento de vínculo de emprego com o Itaú Unibanco S. A. e o direito à jornada de bancária. A decisão foi da Segunda Turma do Tribunal Superior do Trabalho (TST), que considerou que houve terceirização ilícita por…
leia na íntegra