Reforma da Previdência: CSPM participa de atividades na UFRGS para esclarecer dúvidas de servidores

Os advogados da CSPM Advogados Associados seguem, nesta semana, participando de atividades sobre a Reforma da Previdência. No último dia 17 a Assufrgs iniciou uma série de debates em diferentes locais da UFRGS. O primeiro campus a receber o circuito foi o da Saúde. O escritório esteve representado por Guilherme Pacheco Monteiro, que apresentou algumas medidas que tramitam no Congresso Nacional e respondeu questionamentos dos servidores presentes no encontro. Na quinta-feira (25), será a vez do campus do Vale discutir as alterações nas regras das aposentadorias. O advogado Pedro Henrique Koeche Cunha participará do evento.

No mesmo dia, Thiago Mathias Genro Schneider estará no auditória da faculdade de Psicologia participando de um seminário do Andes. Tudo isso ocorre depois de encerrado o Circuito Assufrgs & Andes no IFRS.

Além da discussão e esclarecimento de dúvidas, o objetivo da CSPM é apresentar dados técnicos para subsidiar entidades sindicais e movimentos sociais nos debates que estão ocorrendo. Um levantamento divulgado pelo DIEESE/RS é o mais novo argumento contra a reforma do Governo. Conforme a entidade, a Procuradoria Geral da Fazenda Nacional (PGFN) atualizou o montante de dívidas de empresas com a Previdência. O montante da dívida das 118,7 mil empresas do país chega a R$ 935 bilhões (quase R$ 1 trilhão).

O dado surge no momento que o jornal Folha de São Paulo divulgou que o Ministério da Economia decretou sigilo sobre estudos, estatísticas e pareceres técnicos que embasaram a proposta. A medida restringe o acesso à informação por parte de especialistas, servidores e da imprensa.

Nesta semana, a Reforma volta a ser discutida na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados.

Comments are closed.